Ir para Conteúdo
BRASÍLIA EM NÚMEROS

DICIONÁRIO

Bem-vindos aos Painéis do Brasília em Números!


O céu de azul intenso, a visão direta do horizonte, a amplitude dos espaços abertos, a organização do traçado urbanístico, a beleza das formas arquitetônicas, a mistura de culturas diversas e a convivência diária com o poder fazem de Brasília uma cidade única. Uma cidade de que muito se fala, mas pouco ainda se conhece.

Plantada em meio ao cerrado e concebida para ser o cérebro político da Nação, Brasília expandiu as fronteiras do País na direção do interior, levando o Brasil a se conhecer melhor. Prenunciada por Dom Bosco num sonho de plenitude, tornou-se realidade graças à determinação, à coragem, ao trabalho e à união de pioneiros vindos de todas as regiões do País.

Hoje, com pouco mais de cinco décadas de existência, esta cidade-estado ocupa lugar de destaque no Brasil e no mundo. No plano interno, consolidou sua posição de centro administrativo do País, foi palco-mor do processo de redemocratização e tem atraído as demandas pela expansão da cidadania e pelo avanço da eficiência e transparência na gestão pública. Também conquistou autonomia política, assumiu o formato de metrópole e passou a vivenciar os problemas dele decorrentes, sem perder o título de melhor lugar para viver entre todas as capitais brasileiras.

No plano externo, converteu-se em patrimônio cultural da humanidade, assim celebrando sua construção urbana genuína e a riqueza baseada na pluralidade de sua gente e no respeito à diferença. Patrimônio que o Governo de Brasília deseja preservar e enriquecer a fim de legar aos brasilienses, nativos e adotivos, o orgulho de viver nesta cidade.

Para alcançar esse objetivo, além do aprimoramento contínuo da gestão pública distrital, é preciso saber onde se está, quanto e como já se caminhou na direção desse objetivo ou dela se distanciou. Nesse sentido, o Governo de Brasília lança os Painéis do Brasília em Números, um portal que reúne indicadores e estatísticas fundamentais sobre Brasília, sobre os rumos da política pública, enfim, sobre como vivem os brasilienses.